CONFEDERAÇÃO INTER - AMERICANA DE PROFISSIONAIS DE DANÇA
CONSELHO MUNDIAL DE PROFISSIONAIS DE DANÇA

 

HISTORIA

Em 1983, Rodolfo Solmoirago participa do I Congresso Latinoamericano de Dança, realizado no Ministério de Educação de Rio de Janeiro, Brasil, organizado pelo Conselho Brasileiro de Dança – C.B.D.D. presidido por Helba Nogueira e o C.I.D.D. UNESCO coordenado por Susana Frugone de Basualdo, sendo Solmoirago o
representante oficial mais jovem dos onze países constituídos no mesmo; Cuba: Alicia Alonso, México : Patricia Aulestia de Alva, Chile: Malucha Solari, Venezuela: Belém Lobo, Argentina: Angeles Ruanova, Héctor Zaraspe, entre outros.

Ao ano seguinte ”Rodolfo“, como é conhecido por todos seus colegas, deseja concretizar o que ficou escrito em papel e cria um Circuito internacional de intercâmbio, com o nome de “ Circuito Latino-americano de dança”, com a idéia de fazer da dança um instrumento de união entre os povos. Com 30 cidades aderidas através de suas instituições culturais oficiais, encara-se uma gira artística,que se inaugura com o Balé Popular do Recife de Pernambuco, Brasil, com todas as danças tradicionais e populares desse país.

O projecto consistia numa base de dados (teatros, patrocinadores, hotéis, espectadores, etc.) para que possam utilizar diferentes grupos em via de profissionalização procurando novos mercados e como a melhor fórmula da hermandade ”a cuja sombra as fronteiras geográficas desaparecem para dar lugar ao desejo generoso dos povos de se conhecer-se e amar-se mais e melhor...“.

Apesar do entusiasmo e após três meses de gira, não se pôde conter um fracasso econômico de grandes proporções, pois na grande maioria das cidades não existia nem sequer o hábito de freqüentar qualquer espetáculo artístico e muito menos de dança.

Sem renunciar a seus objetivos Rodolfo Solmoirago translada-se à conjunção das fronteiras de Argentina, Brasil e Uruguai, lugar de partida deste pioneiro projeto, convencido de que o primeiro passo séria educar e ensinar à sociedade a valorizar a arte da dança, dantes de realizar qualquer ação faraônica de intercâmbio.

Em 1986, inicia em Uruguaiana, Brasil um circuito de eventos que incluem: certames, congressos, seminários e cursos, mostras, exposições, etc. e convoca a seus pares a fundar a Associação Latinoamericana de dança – A.L.A.D. com a finalidade de acercar a todos aqueles que elegeram a dança como forma de vida ou expressão.

Ano a ano e ao longo destes 20 anos, incorporaram-se mais de uma centena de cidades de nove países, gerando em muitos países as bases da Regulamentação e Profissionalização da dança, assim como seu verdadeiro crescimento artístico e sobre todas as coisas: humano.

   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
           
                 
                 
     


             © 2009 CIAD. All rights reserved.